Comentarios del lector/a

ArgCast #101 Orgulho Da Prateleira 2 Dinamo Estúdio

por João Lucas da Cunha (2019-04-20)


estante para discosComo guardar? mais comum é guardar esses volumes enfileirados na vertical (ficam bem bonitos na estante). Mas existe um porém, depois de um tempo peso das paginas pode começar a descolar as paginas da capa, um risco que se agrava principalmente em encadernados pesados como a Edição Definitiva de Sandman (cerca de 600 páginas). Isso não é algo tão comum de acontecer e muitos colecionadores não levam esse fato em consideração na hora de colocar as HQs na estante.

Houve tempos quando coleção era coisa dos extremos da vida: ou matéria de crianças com seus bonés, álbuns de figurinhas e bolinhas de gude; ou distração de aposentados atrás de relíquias como moedas antigas e, ápice dos ápices, selos, muitos selos. Desde há muito tempo eu tinha desejo de comprar uma cristaleira. Ao pesar as questões levantadas acima sobre segurança, proteção e extensão das coleções eu logo decidi por essa opção. Eu vinha expondo as peças em uma estante aberta que logo se mostrou inadequada devido ao grande acúmulo de poeira sobre as figuras. Isso fez com que eu as guardasse e partisse à procura de uma cristaleira. Após rodar várias lojas em São Paulo (capital) pude perceber que os preços variavam grandemente e não eram tão atrativos. Depois de muito procurar decidi por um modelo que agregasse preço, estilo e proteção. Alguns critérios eram imprescindíveis para mim, dentre eles a possibilidade de se enxergar as peças de vários ângulos, ou seja, seria necessário a presença de vidros anteriores, laterais e se possível posteriores. Percebi, no entanto que a presença de "vidro" encarecia grandemente a cristaleira. Sendo assim tive que ajustar esse meu desejo ao preço.

A ideia da caixa-porta cd estante foi implementada ao Viagem pela Literatura, em 2002, com uma unidade. A partir de 2006, número foi aumentando até chegar às cinco atuais. De 2005 a 2011, as caixas-estantes foram responsáveis por 7730 empréstimos de livros em comunidades de Vitória que não possuem biblioteca.

A ideia de trazer HQs em formato encadernado, compilando algum arco ou evento das HQs, é muito interessante para os leitores já há algum tempo. Pensando racionalmente, a editora consegue encontrar e angariar público para a obra de um jeito mais fácil e, para colecionador, é a melhor forma de conseguir arcos completos de alguma história que, porventura, ele não possua nas edições mensais — mas, principalmente, para organizar melhor sua coleção. De fato, encadernado é um formato que é utilizado maciçamente em mercados como estadunidense e japonês, para auxiliar os leitores a catalogar suas publicações e a adquirir esses produtos editoriais com preço mais baixo do que comprando títulos mensais ou antologias (sejam elas mensais, como nos EUA, ou semanais, como no Japão ou na Inglaterra).

Este é um dos suportes mais utilizados na hora de guardar gibis, pois permite poupar espaço e conseguir uma arrumação fácil. As caixas de papelão, por serem porosas, têm a vantagem de deixar as revistas "respirar", mas deverão ser bem vedadas para impedir a entrada de pó e insetos.

Evite deixar seus quadrinhos empoeirados. Isso favorece a deterioração do papel e, caso more perto de avenidas, fábricas, centros urbano-industriais, podem também amarelar papel. Para retirá-la use espanador ou uma flanela limpa. Esse trabalho pode ser feito, dependendo do tamanho de sua coleção, toda semana.

Mauricio de Souza é sem dúvida um dos meus autores preferidos de todos os tempos, foi graças a ele que eu tinha com que me entreter nas tardes tediosas de domingo, lendo gibis ou fazendo as atividade do Almanaque da Turma da Mônica e mesmo agora com 33 anos continuo conectada com os personagens do autor, seja pelos vídeos do Mônica Toy (que sou viciadíssima) ou pelas excelentes Graphic Novels. Ler a história de vida desse homem incrível foi uma experiência gratificante e muito bom para entender um pouco da personalidade e perseverança de Maurício.

estante para vinilNao sou assinante , compro nas bancas e venho tendo tambem duvidas de como melhor expor minhas figuras. se bem que ja as exponho em duas prateleiras, mas como sao 200 aqui no pais, estou pensando em fazer um movel bacana, pois a coleçao merece nao e rs, tive a sorte de encontrar esse grupo em vc faz parque. minha esposa tambem curti as figuras pretento colocalas em uma prateleira com portas de vidro mas na parade tenho lampadas de croica na direçao onde ja estao minha coleçao mas quero polas protegidas com portas bom abraços espero que possamos trocar ideias sobre os marveis saude e paz.

Olá! Eu sou a Nine Stecanella e você está no Estante da Nine. Nasci e moro em Caxias do Sul no Rio Grande do Sul. Criei blog em 2009, após ter algumas outras páginas com uma amiga, e por aqui compartilho os meus assuntos favoritos, entre eles livros, filmes, séries de TV, esportes e amor pelos animais. Mas não é só isso. Também escrevo sobre decoração, artesanato, cuidados com a casa e alguns dilemas que todos nós, leitores ou não, passamos.